segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

ESTA PASSANDO PELO DESETO?!!




Você se pergunta o que teria feito para desagradar a Deus e tê-lo perdido de vista?

Quem sabe não é bem assim... O que você não sabe é que chegou ao deserto!


Não perca de vista o propósito do deserto para você. Você não foi rejeitado, mas Deus achou um jeito de aperfeiçoar a sua vida.


Ele colocou você na mesma estrada na qual caminharam os patriarcas e profetas... eles pavimentaram a estrada que leva ao mover de Deus.

Deus quer que você tenha Vitória no Deserto.
O deserto não é permanente, mas, sim, transitório: “O choro pode durar uma noite; pela manhã, porém, vem o cântico de júbilo.” (Salmos. 30: 5b)

A provação gera conquistas e novas experiências com Deus.A vida no deserto é um período que todo crente tem de passar se quiser viver em íntima comunhão com o Senhor.

Encorajamento necessário à nossa jornada na busca de Deus.

É assim que você ora? Sua vida espiritual estancou ou, pior, você sente que regrediu? Você se pergunta o que teria feito para desagradar a Deus e tê-lo perdido de vista?

Quem sabe não é bem assim... O que você não sabe é que chegou ao deserto! Não perca de vista o propósito do deserto para você.

Você não foi rejeitado, mas Deus achou um jeito de aperfeiçoar a sua vida.

Ele colocou você na mesma estrada na qual caminharam os patriarcas e profetas... eles pavimentaram a estrada que leva ao mover de Deus. Deus quer que você tenha Vitória no Deserto

REFLEXÃO:

As vezes nos queixamos tanto da vida, dos problemas, choramos...
E muitas vezes chegamos a dizer; Porque Deus se afastou de mim.. mas na verdade assim como para preparamos um bolo colocando os ingredientes no liquidificador para misturar...
Assim Deus quer em nossa vida, Ele quer pegar as nossa lágrimas, dores orações, todos os nosso sofrimentos e colocar e um liquidificador e preparar uma grande bênção para você.

DERCIAL DIVÉRIO

A ALEGRIA "NO SENHOR" A NOSSA FORÇA É....




“Restitui-me a alegria da tua salvação e sustenta-me com um espírito voluntário.”

(Salmos 51.12)

"QUE O SENHOR POSSA RESTITUIR A CADA DIA A ALEGRIA DA SALVAÇÃO A TODOS ÀQUELES QUE POR ALGUM MOTIVO SE ENCONTRAM NESTE INSTANTE TRISTES..."

...O CHORO PODE DURAR UMA NOITE MAS ALEGRIA VEM PELA MANHÃ!
SLMS:30-5


JRFL

domingo, 5 de dezembro de 2010

O MAIS MISERÁVEL DE TODOS ME TORNEI...POR AMOR DE TI.



"Miserável homem que eu sou! quem me livrará do corpo desta morte? Graças a Deus, por Jesus Cristo nosso Senhor! De modo que eu mesmo com o entendimento sirvo à lei de Deus, mas com a carne à lei do pecado..."

Romanos 7:24-25

QUERIDOS A PAZ DO SENHOR!

Apesar de nascidos de novo sabemos que vamos sempre carregar em nós os traços da velha CRIATURA, e que enquanto vivermos neste corpo estaremos propensos a nos corromper pelas imumdícias originadas dele, o nosso corpo carnal que representa a "MORTE" ao contrário do ESPÍRITO que significa "VIDA."
Interessante que quando o Irmão Apóstolo Paulo citou esta palavra com certeza quis fazer uma comparação ao tipo de morte a que eram expostos os criminosos da época, onde os mesmos eram amarrados costas a costas com suas vítima aos poucos os CORPOS das mesmas iam se decompondo e os contaminando até o levarem a morte.

Amados! raciocine comigo, o que nos tornamos quando resolvemos aceitar o Senhor JESUS, e a crucificar nossa carne matar o Velho Homem,mesmo que no sentido figurado de não praticarmos mais os atos que antes faziamos, nos tornamos assasinos de nós mesmos; do velho "CORPO" que significava "MORTE" para nós, e fazemos isto por que queremos ter a "VIDA", que é a "VIDA ESPIRITUAL" e resolvemos fazer o mesmo que JESUS
fez CRUCIFICANDO-NOS.
“Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé no filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim.”
Gálatas 2:20

Que assim seja realmente nossas "VIDAS", não mais estejamos vivos para nós mesmos e nossos corpos "MORTE.", mas que estejamos dispostos a mortifica-nos; a começar primeiro e em mim mesmo; que tanto luto comigo mesmo a tantos anos nesta caminhada rumo a VIDA ETERNA "A VERDADEIRA VIDA".
E não nos esqueçamos jamais de que devemos estar cada vez mais atentos e sóbrios, lembrando de que o próprio Jesus, nos ensina:
- “Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; na verdade, o espírito está pronto, mas a carne é fraca”.
Mt 26.41.

Mas também tendo o CONSOLO de sua palavra:
“PORTANTO, agora nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus, que não andam segundo a carne, mas segundo o Espírito”.
Rm 8.1

GLÓRIA A DEUS!!

ORAÇÃO:

Senhor em nome de JESUS, num momento em que tantas pessoas podem estar assim como eu necessitadas de um alento de um reforço em suas VIDAS, que o Senhor possa ser a verdadeira e unica solução para seus problemas e suas lutas principalmente na Área ESPIRITUAL, que Senhor possa estar também abençoando a "IGREJA" a sua "NOIVA" para que se encha cada vez mais do teu ESPÍRITO e interceda mais e mais por esta terra cada vez mais "FERIDA" pelo pecado.
Quero também de uma forma ESPECIAL interceder pelo ESTADO do RIO DE JANEIRO e pelas vidas que vem sendo atormentadas pelo MAL naquele ESTADO,pelas autoridades constituídas ali,pelas famílias cristãs ou não que perderam pessoas; e que ali estão dando-lhes forças e vigor para continuarem na caminhada mesmo ante a tanto desespero e dor, não nos deixe Senhor ser apáticos a esta situação ou qualquer outra. Oro também pelo bairro onde nos encontramos CONSOLAÇÃO para que derrame do teu ESPÍRITO sobre toda carne; cumpre Senhor, tua promessa de que derramaria do teu ESPÍRITO sobre toda carne, e que como tua IGREJA possamos cada dia mais desempenhar o nosso principal papel aqui na terra que é de "LEVAR A TUA PALAVRA E INTERCEDER" por "TODOS".

"ORAI UNS PELOS OUTROS.."

JRFL

sábado, 4 de dezembro de 2010

CURSOS NA INTERNET FIQUE SABENDO!!!



GOSTOU?! CLICK NO BANNER ABAIXO E MATRICULE-SE NÃO PERCA MAIS TEMPO!!!



domingo, 28 de novembro de 2010

ACORDA! OH... " ISRAEL" POIS A SUA SALVAÇÃO VEM DO SENHOR E ESTA PRÓXIMA!!


"TODAS AS PERSEGUISÕES QUE VIRÃO POR CAUSA DA PREGAÇÃO "PALAVRA DE DEUS" E DO SANTO EVANGÉLIO NOS TORNARÃO BEM AVENTURADOS!..."
ALEMGREN-SE...

“Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e vos perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa. Alegrai-vos e regozijai-vos, porque será grande a vossa recompensa nos céus, pois foi assim que perseguiram os profetas, que vieram antes de vós.
mt.5:11 e 12

Meus Amados!

A cada dia fico mais atônito com o tipo de palavras que estão sendo divulgadas no meio do povo de DEUS, uma espécie de "TERRORISMO ELEITORAL" vem sendo criado em torno das famosas "PLs, que infelizmente causa na grande maioria dos "EVANGÉLICOS" um certo pânico pois ficam apavorados só em pesnsar que por pregar a VERDADE muitos poderão parar na cadeia. Mas, o que haveria de diferente nisto? meus queridos; nossos antepassados foram também perseguiidos presos muitos até mesmo mortos;e daí?! fomos chamados para um evangelio de sacrificio, e sabemos que seguir a 'CRISTO" nunca foi "mamão com açucar", muito menos "melzinho na chupeta". E é abnegação mesmo, é agente servir ao invés de querer ser servido, amar mesmo sendo odiado, é dar mesmo sem nunca receber nada em troca, e ainda pelo contrário receber traição e ingratidão.Para isto fomos chamados para viver como o Senhor JESUS viveu uma vida de humildade simplicidade e Amor. Amados quero que entendam que não estou aqui fazendo apologia a "MEDIUCRIDADE" e ao "SUBSERVIANISMO", mas esta chegando a hora "H" dia "D" sei lá como quiserem chamar mas, a verdade é; que os dias são "PROFÉTICOS" e me parece que a "igreja" continua querendo se preparar mais para a vida aqui na terra do que para vindoura que é a "VIDA ETERNA" e esta sim é "A VIDA" meus amados.
É bem verdade e ninguém pode dizer ao contrário que os ultimos dias vêem para causar um grande transtorno a pregação do EVANGÉLIO e da "PALAVRA DE DEUS" e com certeza muitos serão prejudicados por causa da pregação do Evangelio verdadeiro;porém penso que tudo isto já havia sido pre-visto por nosso Senhor JESUS CRISTO e até me conforto em ver suas palavras se cumprindo dia a dia.
Mas não devemos nos desesperar, ao contrário devemos como diz: o verso 11 do cap. 5 de mat. nos alegrar pois GRANDE será a nossa "RECOMPENSA" e com certeza não será uma vida melhor aqui: mas o "REINO DOS CÉUS" para isto fomos chamados para reinar com ele nosso Senhor e Salvador JESUS CRISTO, não nesta terra corrupta mas na "NOVA JERUSALÉM" cidade "SANTA" morada do SENHOR onde não haverá nem pranto nem dor.
Graças dou ao Senhor por ter nos escolhido para uma tão grande e honrosa missão, mas que cada vez sem sombra de duvidas, torna-se-a muito perigosa porém não devemos jamais esmorecer e nem muito menos depositar a nossa FÉ em qualquer outra coisa, que não seja o NOSSO DEUS e nosso Senhor JESUS CRISTO.

Amem!

"PORTANTO MEUS AMADOS IRMÃOS SEDE FIRMES E CONSTANTES, SEMPRE ABUNDANTES NA OBRA DO SENHOR; SABENDO QUE O VOSSO TRABALHO NÃO É VÃO NO SENHOR..."
Apóstolo PAULO.


JRFL.

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

A EDIFICAÇÃO DA "IGREJA"





“Tu és Pedro, e sobre esta pedra edificarei a minha igreja, e os portais do inferno não prevalecerão sobre ela.”
Mt 16.18

..SEJAMOS CADA UM DE NÓS UMA PEDRA NA "EDIFICAÇÃO" DA IGREJA; NÃO UMA PEDRA DE TROPEÇO PARA A IGREJA!!

O plano de Deus é edificar a Igreja; isso é o que Deus se propôs. Interessa a todo arquiteto que seu projeto se realize exatamente conforme foi projetado. E isso é o que o Senhor quer. Agora. Como se edifica a Igreja? Eu quero destacar seis coisas que Paulo mostra de maneira direta ou indireta em sua 1a. epístola a Timóteo.

O "AMOR"

A primeira coisa que Paulo mostra a Timóteo é que a Igreja se edifica pelo amor. “Pois o propósito deste mandamento é o amor nascido de coração limpo, e de boa consciência, e de fé não fingida” (1Tm1:5). Paulo está dizendo: “Timóteo, cuidado com todas as palavras e os ensinos que geram disputas e não realizam o plano de Deus; não é a edificação de Deus”. Também foi Paulo quem disse: “o conhecimento envaidece, mas o amor edifica” (1Co8:1). É importante que tenhamos conhecimento e que possamos transmitir, mas somente o conhecimento, pode nos envaidecer. Paulo não está defendendo a ignorância, está defendendo o amor. O amor edifica. E se ao amor agregarmos conhecimento, Maravilhoso! Mas o importante aqui é o amor. Em Efésios 4 Paulo diz: “todo o corpo, ajustado e unido pelo auxílio de todas as juntas, cresce e edifica-se a si mesmo em amor, na medida em que cada parte realiza a sua função”

A Igreja se edifica em amor. Irmãos, podemos ter grandes revelações, podemos ter tal fé que transporte montes, podemos conhecer todos os mistérios e ter todos os dons e carismas, mas sem amor, de que nos serve? Seremos como o metal que ressoa ou o címbalo que retine. Nada pode suplantar o amor. Deus é amor, e onde há amor Deus está, e no meio da fraternidade edifica a Igreja. Se tu queres contribuir para a realização do plano de Deus, ama a teus irmãos! O amor edifica. A Igreja vai se edificando em amor.

O que é edificar? Além do conceito da edificação individual, edificar significa unir pedra com pedra. Alguém pega uma pedra, lhe põe argamassa e a une a outra pedra. Edificar é unir pedra com pedra, e assim vai se levantando a parede. E disse o apóstolo Paulo: “Qual é o vínculo perfeito que vos une? O amor!”. Assim, quando estamos amando-nos, a Igreja está se edificando. Não é por muitas e eloqüentes palavras. A palavra tem seu lugar, com já veremos, mas primeiro vem o amor.

Agora, irmãos, o amor é fruto do Espírito. Esta palavra “amor”, vocês já sabem, é ágape, que é amor de Deus. É um amor que pensa no bem do outro, que se sacrifica para o bem do outro, que se entrega, que procura de todas as maneiras servir, abençoar. Isso é o que Deus fez conosco. Esse ágape, disse Paulo, “foi derramado em nossos corações pelo Espírito Santo”. Deus é amor. O espírito Santo é Deus morando em nós. E como Deus é amor, o Espírito Santo é amor. Ele derrama este amor em nossos corações, e este amor flui, nasce, brota, de um coração limpo. “O propósito deste mandamento é o amor nascido de coração limpo”, disse Paulo, “de boa consciência, e de fé não fingida”.

Jesus disse, falando do Espírito Santo: “o que bebe da água que eu lhe der, se fará nele uma fonte que jorra para a vida eterna”. Também disse: “Quem crê em mim, do seu interior fluirão rios de água viva”.E Paulo disse que é o amor nascido de um coração limpo. Este é o Espírito Santo morando em nós, a vida de Deus fluindo para os irmãos, para os novos, para os antigos, para todos. Este é o amor do Senhor.

Quando pecamos, o Espírito se entristece em nós. Ele é muito sensível e deixa de fluir. Se apaga. Por isso diz: “o amor nascido de coração limpo”. É importante manter o coração limpo. E diz também “de boa consciência”. O que é uma boa consciência? É esse conhecimento que temos de nós mesmos. Quando pecamos, o Espírito se entristece, se apaga. Nossa consciência, se é boa, quer dizer, se funciona bem, nos chama a atenção. Quando pecamos, acende-se uma luz vermelha em nosso interior. É como o apito do árbitro que soa em uma partida. É importante que obedeçamos a nossa consciência. Quando ela nos diz: “o que fizeste é errado, o Espírito se entristeceu dentro de ti”, precisamos obedece-la.

Não somos perfeitos, todos pecamos. Muitas vezes pecamos com palavras. A própria palavra do Senhor nos insta a não pecar, mas se pecamos, indica qual é o caminho para limpar nosso coração. Se pecamos, ofendemos, lastimamos, mentimos, roubamos, ou fizemos qualquer coisa que desagrada a Deus. Necessitamos obedecer nossa consciência, obedecer também a Deus e confessar nosso pecado. Se não obedecemos, a consciência segue dizendo-nos: “O que fizeste está errado”. Mas se endurecermos o coração ao chamado da consciência, vamos ficando insensíveis.

Parece que quando pecamos, a consciência atua mais forte, e se não a atendemos, vai suavizando, até que pode chegar o momento em que já é uma coisa muito leve que acontece conosco. Temos que tomar o cuidado de não rejeitar o trabalho da nossa consciência.

Veja o que disse Paulo a Timóteo nos v18 a 20: “Timóteo, meu filho, dou-lhe esta instrução, segundo as profecias já proferidas a seu respeito, para que, seguindo-as, você combata o bom combate, mantendo a fé e a boa consciência que alguns rejeitaram e, por isso, naufragaram na fé. Entre eles estão Himeneu e Alexandre, os quais entreguei a Satanás, para que aprendam a não blasfemar”. Este quadro é tremendo. O que é que eles rejeitaram? Himeneu e Alexandre parece que pecaram, e suas consciências eram boas. Ela os advertiu uma e outra vez, mas eles a rejeitaram, e ao rejeitarem a consciência, naufragaram na fé.

Que tem a ver a fé com a boa consciência? Tem muito a ver, porque a fé também é fruto do Espírito. É o Espírito que produz em nós o amor e é o Espírito que produz em nós a fé. E aqui Paulo usa uma figura marítima, o naufrágio. Sabe como se produz um naufrágio? Imaginemos um bote e alguém que ai remando e de repente percebe que se fez em seu barco um pequeno furo e que está entrando água. Quando pecamos, se faz um furo em nosso bote e começa a entrar água. Que temos que fazer? Consertar, e não seguir assim. A princípio, parece que tudo vai bem, e o bote flutua. Mas continua entrando água devagar.

Assim é quando pecamos: a consciência nos adverte, e nós a rejeitamos. E seguimos pregando, seguimos cantando, seguimos orando. Parece que tudo segue igual, nada muda. Mas de um momento a outro, o que acontece com esse bote? Quando o peso da água já é suficiente, em um instante o bote afunda.

É importante ter esta prática em nossa vida: obedecer à voz da consciência, obedecer ao Senhor em Sua Palavra, confessar nossos pecados. Se você ofendeu sua esposa, seu marido, se disse alguma mentira a algum irmão, a seu patrão, ou a algum empregado, se cometeu algum pecado sexual em segredo, se viste na televisão ou na Internet alguma coisa indecente – e hoje há muita – sua consciência foi manchada, sua consciência o incomoda, você fez o que não devia, olhou o que não devia olhar. Deus não o condena, guia-o ao arrependimento.

Confesse seu pecado as pessoas envolvidas, e a um dos irmãos. “confessai vossas faltas uns aos outro,e orai uns pelos outros para serem curados”. Este amor é o que edifica a Igreja, e este amor nasce de um coração limpo, de uma boa consciência e de uma fé não fingida. Dessas coisas desviando-se alguns apartaram-se a palavras vãs, mas no coração não estão crendo no que dizem.

O amor é de Deus, não é obra nossa. É Cristo em nós. Necessitamos viver no Espírito 24 horas por dia, pra que o Espírito flua em nós e este amor edifique a Igreja.

A "ORAÇÃO"

A segunda coisa que Paulo ensina aqui que edifica a Igreja, e não só a Igreja, mas que necessitamos também em nossa responsabilidade ante o mundo, está no capítulo 2: “Exorto-vos antes de tudo, que se façam súplicas, orações, intercessões e ações de graças por todos os homens” e segue falando como devemos orar pelos reis, pelas autoridades. No versículo 8 ele diz: “quero, pois, que os homens orem em todo lugar, levantando mãos santas, sem ira e sem discussões”. Irmãos, a Igreja se edifica pela oração. O que é a oração? É o testemunho mais eloqüente de nossa incapacidade e debilidade.

Por que oramos? Nós não podemos edificar a Igreja, não podemos sequer converter um menino de oito anos, nem podemos transformar o pecador. Não podemos dar crescimento; podemos plantar e regar, mas não podemos dar crescimento. Podemos pregar, mas não podemos dar espírito de sabedoria e revelação. É obra de Deus.

A edificação da Igreja é obra de Deus, não é obra humana. E nós temos que orar como testemunho de humildade e incapacidade. “Senhor eu não posso. O único que pode edificar, o único que pode mudar, transformar, visitar, abençoar, revelar, dar dons, és tu!”. Nos prostramos diante Dele para dizer: “Senhor, se tu não fizeres, ninguém pode fazer”. Temos que orar com súplicas, petições e ações de graças.

Irmãos, para que a Igreja seja a Igreja que Deus planejou desde antes da fundação do mundo, necessitamos orar a sós, a dois, em grupos pequenos, com toda a congregação, e em todo lugar. Paulo disse: “quero que os homens orem em todo lugar”. Irmão, quando comes, oras; quando diriges, oras; quando trabalhas, oras; quando vais, quando vens, quando caminhas, quando dormes... Em todo tempo podes estar orando, ao deitar-te ao levantar-te. A Igreja se edifica pela oração.

O "EXEMPLO"

Terceira coisa. Ao ler está epístola encontro algo muito importante: A Igreja se edifica pelo exemplo, pelo bom exemplo. Jesus era exemplo em tudo aquilo que ensinava. Ele podia dizer a seus discípulo: “Aprendei de mim que sou manso e humilde de coração”, “amai-vos uns aos outros como eu vos amei”. Amados, a Igreja se edifica pelo exemplo.

No capítulo 3, Paulo diz a Timóteo: “Se alguém deseja ser bispo , deseja uma nobre função. É necessário, pois, que o bispo seja irrepreensível, marido de uma só mulher, moderado, sensato, respeitável, hospitaleiro e apto para ensinar..." em outras palavras, em resumo: que seja um exemplo na Igreja. É o que Pedro disse em sua primeira epístola, no capítulo 5. A Igreja se edifica por modelos. Nós que estamos a frente, e todos que temos alguma responsabilidade, e todos que temos que ensinar a outros. A forma de edificar a Igreja é através do exemplo.

Por que? Porque as pessoas não vão seguir seu ensino, vão seguir seu exemplo. Você pode, no início, impressionar bem aos novos com seu ensino e pregação, mas com o tempo vão seguir seu exemplo. Assim, Paulo nos diz como tem que ser os anciãos ou bispos, como tem que ser os diáconos, como tem que ser a mulheres, e finalmente diz a Timoteo: “Ninguém o despreze pelo fato de você ser jovem, mas seja um exemplo para os fiéis na palavra, no procedimento, no amor, na fé e na pureza”. Timóteo, sim, tens que ensinar; sim, tens que instruir, mas é fundamental que seja um exemplo. A Igreja se edifica pelo exemplo.

Vejam, irmãos, estive estudando esta carta, e encontro muitas virtudes de caráter que se mencionam aqui. Virtudes de caráter. O que é caráter? É o que nós somos, nossa forma de ser. Não é tão importante o que fazemos, mas sim o que somos, como somos e atuamos. Nestes 6 capítulos são mencionadas cerca de 60 virtudes de caráter. Desafio você a encontra-las e estuda-las. Só quando se fala de bispos e diáconos, há um montão de virtudes de caráter, e a Timóteo fala várias outras. Não temos tempo para entrar em detalhes, mas em essência, Paulo está afirmando este princípio: A Igreja se edifica primeiro pelo amor, segundo, pela oração, terceiro, pelo exemplo.

Que equivocadamente nos têm ensinado: “Não tem que olhar para os homens, tem que olhar para Cristo”. E quanto de nós, pastores, dissemos nos anos de nossa ignorância ministerial: “Não olhe para mim, olhe para Cristo”. Paulo não dizia isso. O que ele dizia? “Sejam meus imitadores como eu sou de Cristo”. Se você critica os irmãos ausentes, os novos vão aprender a criticar, se você critica quem não está presente, seus filhos vão fazer o mesmo. Se você reclama, os que estão próximos a você vão aprender a reclamar. Se fala palavras de esperança, de fé, de ânimo, de vitória... Ensina com o exemplo. Como nós somos, assim serão as gerações que virão.

Paulo diz a Timóteo: “Você, porém, homem de Deus, fuja de tudo isso”, falando do amor ao dinheiro, que é a raiz de todos os males, “e busque a justiça, a piedade, a fé, o amor, a perseverança e a mansidão”. Se você é egoísta, os que virão serão egoístas; se você é avarento, isso se imporá sobre a Igreja. Se você é generoso, dadivoso, serviçal, os que te seguem vão aprender a ser assim também. Os que vêm do mundo estão olhando e observando, e necessitam referência. A Igreja se edifica pelo exemplo. “Seja exemplo para os crentes”. Em que? Em tudo! Em palavra, em conduta, em amor, em espírito, em fé, em pureza. Tudo que quiser ver nos outros, seja exemplo do que você entende que deve ser a Igreja.

A "PALAVRA"

A Igreja se edifica pelo amor; segundo, pela oração; terceiro, pelo exemplo, e finalmente chegamos onde queríamos chegar: a Palavra. Mas se há palavra e não há amor, oração, exemplo; estamos desperdiçando a palavra. Então, o que é importante é o que dissemos até aqui: o amor que nasce de um coração puro, a oração e o exemplo. Agora prossigamos para a Palavra.

Paulo, vez após vez, fala aqui da santa doutrina. E no capítulo 4 diz: “Se você transmitir essas instruções aos irmãos, será um bom ministro de Cristo Jesus, nutrido com as verdades da fé e da boa doutrina que tem seguido. Rejeite, porém, as fábulas profanas e tolas, e exercite-se na piedade...esta é uma palavra fiel e digna de plena aceitação...ordene e ensine estas coisas... dedique-se à leitura pública da Escritura, à exortação e ao ensino. Não negligencie o dom que lhe foi dado por mensagem profética com imposição de mãos dos presbíteros...atente bem para a sua própria vida e para a doutrina, perseverando nesses deveres, pois, agindo assim, você salvará tanto a si mesmo quanto aos que o ouvem”.

A Palavra de Deus chega a nós de duas maneiras: Jesus pregava e ensinava. Também curava os enfermos, mas quanto à palavra, é dito várias vezes: “Jesus pregava e ensinava”. As duas coisas são necessárias. Vou explicar assim: a palavra de Deus chega a nós de dois modos diferentes: como verdade e como mandamento. Por exemplo, se eu digo “Cristo morreu por nossos pecados”. O que é isso? Verdade ou mandamento? Verdade! Se eu digo “Ama a teu próximo como a ti mesmo”, é um mandamento.

Nas Escrituras, a soma de todas as verdades, se chama kerigma em grego. E a soma de todos os mandamentos se chama didaké. A palavra didaké está traduzida por doutrina ou ensino. A palavra kerigma está traduzida por pregação. E Paulo diz no capítulo 2 v7 que o Senhor o constituiu “pregador e apóstolo, digo a verdade, não minto, mestre da verdadeira fé entre os gentios”. Apostolo significa enviado; pregador vem de kerigma. Em grego ao pregador se diz kerus, e ao mestre didaskalos, que vem de didaké.

O kerigma é a proclamação da verdade, que revela a pessoa de Cristo e a obra de Cristo. A verdade afirma, o tom é afirmativo. O mandamento por sua vez tem tom imperativo, dá ordens, revelando a vontade de Deus. Portanto, o kerigma proclama e revela a Cristo, sua pessoa e sua obra, a didaké revela a vontade de Deus para nós.

Para sua edificação a Igreja necessita destas duas coisas. O kerigma revelando a Cristo, e a didaké revelando a vontade de Cristo para nós. Quando alguém proclama o kerígma, o kerigma exige fé. O mandamento exige obediência.

A didaké é simples, é clara, direta. Todos a entendem. Toca todas as áreas da vida: família, trabalho, sexo, dinheiro, adoração, serviço, relacionamento com as pessoas, relacionamento com Deus. A didaké equivale à parte moral da lei, é equivalente aos Dez Mandamentos, porém mais aprofundados. O objetivo da didaké é fazermos como Cristo; por isso sempre diz: “como Cristo”, ou “como eu amei a vós”, “maridos, amem suas esposas... como Cristo amou a Igreja”.

Tanto didaké como kerigma são palavra de Deus e revelam a vontade de Deus para todos nós. Seu conteúdo não se impõe pela lógica ou raciocínio, mas pela autoridade de Jesus. “Se teu inimigo tem fome, dá-lhe de comer”, é um mandamento. Obedecemos. Ele é o Senhor.

Necessitamos conhecer a didaké e encarná-la em nossas vidas, vive-la, e divulga-la. E, irmãos, o mais maravilhoso é que a didaké não é uma coisa interminável. A didaké é relativamente breve. Em Mateus 5, 6 e 7, três capítulos, está a didaké de Jesus. E se quisermos completá-la um pouco mais, podemos agregar Efésios 4, 5 e 6. Temos assim, 80% de toda didaké do Novo Testamento. É uma coisa simples, mas profunda, que comunica a vontade de Deus! E se quisermos completar um pouco mais e chegar a 90% da didaké, podemos agregar Romanos 12, 13, 13, 15 e 16. Temos então dez capítulos do Novo Testamento e quase toda a didaké está contida aí, mandamentos que revelam a vontade de Deus.

Mas não podemos somente dar a didaké, temos que dar o kerigma. Não podemos dar somente o kerigma, temos que dar também a didaké. Estas duas coisas têm que caminhar juntas para edificar a Igreja. Só com o kerigma, nos inflamamos, nos entusiasmamos. Somos abençoados no momento, mas fica tudo ali, na glória do momento, na inspiração do kerigma. Mas temos que descer do kerigma para a didaké, para a vida prática. No kerigma há dynamis, há poder de Deus para nós. Na didaké está a vontade de Deus para nossa vida prática e cotidiana. Assim se edifica a Igreja

Para dar um exemplo, muitas vezes comparamos o kerigma com a locomotiva de um trem, e a didaké com os vagões. É muito difícil puxar os vagões sem uma locomotiva. Mas, para que serve a locomotiva, se não para levar os vagões? O importante é que os vagões cheguem ao destino. E assim, os mandamentos de Deus sem a locomotiva que é o kerigma podem ficar muito pesados, muito incômodos, difíceis e impossíveis de cumprir. Mas Deus mandou seu Filho. Bendito seja o Senhor! “É Cristo és vós... já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim”.

A didaké diz que você tem que abençoar os que lhe maldizem, perdoar os que lhe ofendem. Essa é a didaké, o mandamento.E o kerigma diz: “já não sou eu quem vive, mas cristo vive em mim”. Então, como vou obedecer o mandamento? Através de Cristo que vive em mim. A didaké sem o kerigma seria uma coisa muito pesado, difícil de cumprir; mas só o kerigma, sem a didaké, ficaríamos só no entusiasmo, sem concretizar na vida prática. Por isso, Paulo põe este equilíbrio, e mostra a Timóteo o que realmente ele tem que fazer.

A "AUTORIDADE DE DEUS"

A quinta coisa que encontro nesta carta é a autoridade, a autoridade de Deus. Quero explicar. Paulo tem uma clara visão do Reino de Deus. Ele proclama nesta carta uma vez após outra Jesus Cristo como o Kyrios, o Senhor. O Kyrios significa a autoridade absoluta, o dono. Ele proclama no versículo 1:17, em uma doxologia mui linda: “Portanto, ao Rei dos séculos, imortal, invisível, ao único e sábio Deus, seja a honra e a glória pelos séculos dos séculos. Amém”.

Ele é o Rei. A autoridade do Rei. E no capítulo 6 há outra doxologia tremenda. Diz: “a qual Deus fará se cumprir no seu devido tempo. Ele é o bendito e único Soberano, o Rei dos reis e Senhor dos senhores, o único que é imortal e habita em luz inacessível, a quem ninguém viu nem pode ver. A ele sejam honra e poder para sempre. Amém”. No Império Romano, todos os imperadores morriam, mas Paulo estava falando de Um que é imortal, é invisível,

Os imperadores romanos eram visíveis, mas todos eles eram mortais e se foram. Mas há um só que é soberano, Rei dos reis, e Senhor dos senhores, o único que é imortal e habita em luz inacessível! “Ai qual seja a honra e o domínio para sempre”. Que quer dizer para sempre? Por toda a eternidade. Assim, ao escrever isto, Paulo tinha uma visão muito clara do Reino de Deus, a autoridade de Deus e o Senhorio de Jesus Cristo.

Pois Deus, que é a suprema autoridade, deu toda a autoridade a seu Filho, o Kyrios, o Senhor. E Cristo deu autoridade aos apóstolos. Assim, Paulo, que é apostolo, é autoridade delegada por Deus, é pai espiritual de Timóteo. E Timóteo é seu filho espiritual. Aqui há autoridade. E lhe diz: “Te mandei a Éfeso, te roguei que fosses a Éfeso”. E o tom que fala, ainda que amável e amoroso, é de autoridade, e lhe instrui o que tem que fazer e o que não tem que fazer. “Este mandamento, filho Timóteo, te encarrego, rejeita isso, evita aquilo”. Está lhe dando, com autoridade do Senhor, tudo o que ele tem que fazer e não fazer.

A Igreja se edifica pela autoridade de Deus. Essa autoridade vem de Deus a Cristo, de Cristo aos apóstolos e dos apóstolos, neste caso, a Timóteo, um filho espiritual, a quem envia a Éfeso. Paulo o envia e Timóteo obedece. Alguns dizem: “Não, não, não; eu obedeço a Deus”. Não só a Deus. Tem que obedecer a Deus e aos pais, aos apóstolos, aos pastores. Há autoridade na casa de Deus.

A Igreja se edifica por autoridade. Hebreus 13:17 diz: “Obedecei a vossos pastores porque eles velam por vossas almas”. Veja em 1Tm5:20 outra exortação: “Aos que persistem em pecar repreende-os diante de todos para que os demais também temam”. Repreende diante de todos? Sim. A quem? Não ao que peca uma vez ou ao que peca duas vezes. Este pode admoestar pessoalmente. Mas ao que persiste em pecar, que quer seguir pecando, repreende-o diante de todos.

Agora, no exercício da autoridade não pode haver prejuízos. Como diz: “Eu o exorto solenemente, diante de Deus, de Cristo Jesus e dos anjos eleitos, a que procure observar essas instruções sem parcialidade; e não faça nada por favoritismo. Não se precipite em impor as mãos sobre ninguém e não participe dos pecados dos outros. Conserve-se puro.”. No uso da autoridade não pode haver abuso, nem prejulgamento, nem parcialidade.Tem que ser algo puro como o senhor realmente quer.

Se não há autoridade, o ensino se perde. Se não sabe, ensina-o. Se sabe e pratica, anima-o, alegra-te com ele. Se não pratica, admoesta-o e relembra-o. Se peca, na primeira vez admoesta-o, na segunda repreende-o. E assim, com tudo que o senhor nos instrui. Se não há autoridade o ensino se perde.

Quando há autoridade, os irmãos aprendem que tem que obedecer. Assim é a Igreja. È a casa de Deus e em toda Casa, e em toda família, há autoridade.

A"INSTRUÇÃO PESSOAL"

E finalmente, o sexto ponto nesta epístola que é importante para a edificação da Igreja é a instrução pessoal ou o discipulado. Vou explicar. No capítulo 5 especialmente vê-se claramente isso. Nem todas as situações são iguais. Paulo diz a Timóteo: “Não repreendas ao ancião, antes exorta-o como a um pai; aos mais jovens, como a irmão; às idosas, como a mães; às jovens, como a irmãs, com toda pureza. Honra as verdadeiras viúvas. Mas se alguma viúva tem filhos, ou netos, aprendam estes primeiro a ser piedosos com sua própria família...”.

O que está dizendo? Não se pode tratar igualmente todas as pessoas. Cada um é cada um. Não se pode tratar um ancião como a um jovem; não se pode tratar um jovem como uma moça. É necessário um trato personalizado e adequado a cada um, segundo a graça, segundo a necessidade, segundo a pessoa, segundo a situação de cada um.

Em seguida fala das viúvas, e você pode observar ao estudar o capítulo 5 que há viúvas e viúvas. Há viúvas jovens, a quem ele recomenda que se casem de novo; há viúvas mais velhas que tem um testemunho excelente, que deve-se coloca-las na lista das irmãs que servem a igreja e precisam ser sustentadas economicamente; há outras que não. Então, não são todos iguais. Do púlpito não se pode conhecer a todos, desde uma grande reunião não se pode chegar a adequadamente a todos.

Por exemplo, um dia prego sobre a didaké que é necessário trabalhar, trabalhar materialmente, ganhar seu sustento de cada dia, e todos escutam a mesma palavra. Mas ali há um irmão que trabalha demais, e eu estou enfatizando que tem que trabalhar. Ele está trabalhando 14 horas por dia, e se sente confirmado em seu trabalho material. E há outro que é folgado para o trabalho, e esse recebe a palavra superficialmente. Não se pode alcançar a todos adequadamente em sua edificação. Aquele que está trabalhando demais, já está sacrificando sua família, está descuidando da obra, quem sabe está trabalhando demais não porque necessite mas por ambição. Este se sentirá confirmado em seu erro. O que está faltando? A instrução pessoal. Precisa conhece-lo, tem que ser pai espiritual, tem que se aproximar desse irmão com amor, com oração, com graça, mas com firmeza e dizer: “Irmão, você está trabalhando demais; não precisa trabalhar tanto”. A um você precisa dizer “Descansa!”, e a outro precisa dizer “Trabalhe mais!”.

Mas quando pregamos, a palavra é geral; faz falta a instrução pessoal. A Igreja se edifica com instrução pessoal. Cada irmão precisa ser conhecido por alguém de forma mais próxima, para instruí-lo e orienta-lo mais especificamente.

Um dia prego que o homem é o cabeça da casa e que tem que assumir a autoridade e a responsabilidade, porque Deus o colocou como cabeça. Mas acontece que tem um irmão que é um tirano em sua casa, um déspota com sua esposa, e depois de me ouvir pregar diz: “Viu o que o pastor disse? Aqui eu sou a autoridade”. E minha palavra que era palavra de Deus, didaké, em vez de ajuda-lo, confirmou sua tirania e seu erro. Sem a instrução pessoal mão se pode edificar.

Precisa conhecer, aproximar-se e dizer: “Irmão, a Bíblia diz que seja cabeça, mas você é um cabeção. Não exagere, vá mais devagar. Deus lhe deu uma esposa, escute a sua esposa as vezes. Ele lhe deu uma ajudadora idônea. Você a está anulando, a está afastando. Não é assim irmão, não é assim”. Precisa uma instrução pessoal.

Outro precisa ser fortalecido. Para uma irmã eu tive que dizer: “Irmã, não afrouxe, enfrente seu marido”, porque fazia falta dizer-lhe isso. Mas não posso ensinar isso como doutrina, era uma instrução muito particular, muito pessoal. E no capítulo 5 há muita instrução particular, pessoal, e sobre tudo o que disse a Timóteo.

Por isso, irmãos, precisamos da instrução pessoal para saber em cada situação escutar, aconselhar, exortar. Alguns necessitam ânimo, outros necessitam oração, outros apenas ser ouvidos, compreendidos, amados. As vezes não sabemos o que dizer a pessoa, damos-lhe um abraço, e choramos com o que chora, e já se vai consolando.

Assim, é indispensável para a edificação da Igreja a instrução pessoal. Cada pessoa é valiosa, cada pessoa é amada por Deus, e Ele quer chegar a cada um com sua graça, com seu amor, com sua medida justa do que cada um precisa.

Amém!

EXTRAÍDO DO SITE:

http://www.odiscipulo.com

domingo, 21 de novembro de 2010

TIVE FOME E NÃO ME DESTES DE COMER TIVE SEDE E NÃO ME DESTES DE BEBER!!



SENHOR,- MAS QUANDO TIVESTES FOME QUANDO TIVESTES SEDE E QUANDO ESTIVESTES NU E NÃO O SOCORREMOS?!
"EM VERDADE VOS DIGO QUE QUALQUER QUE FIZER A UM DESTES PEQUENINOS ESTARÁ FAZENDO A MIM...



A "IGREJA" E OS "POBRES"



1. Definições:

Empatia: é olhar com o olhar do outro.
Simpatia: é um sentimento que vincula as pessoas umas às outras. "faculdade de participar das emoções de outrem, sejam elas quais forem"
Piedade, é sentir-se triste com a tristeza dos outros, não importa se objetiva ou subjetiva.
Compaixão é a virtude de compartilhar o sofrimento do outro. É sofrer com.

Mc. 14:7 "Vós sempre tendes convosco os pobres e, quando quiserdes, podeis fazer-lhes bem".

2. É PRECISO ENTENDER QUE A DECISÃO É RACIONAL E NÃO EMOCIONAL: " QUANDO QUISERDES!!!...

A Compaixão é do Senhor e a atitude é nossa. Da mesma forma que Deus amou o mundo, por isso enviou Jesus, assim também o Senhor se compadece do pobre, do necessitado e nos envia a demonstrar essa compaixão.

A idéia que Jesus nos dá, quando fala, "QUANDO QUISERDES" é para que nós tomemos a decisão de amparar os pobres, ou não.

Gl 2:10 Recomendando-nos somente que nos lembrássemos dos pobres, o que também procurei fazer com diligência.

Nesse versículo Paulo recebe uma recomendação e toma a decisão de colocar isso como parte de seu ministério.

3. ORIENTAÇÃO A ISRAEL PARA COM OS POBRES.

"NÃO REBUSCAVAM QUANDO COLHIAM..."
Le 23:22 E, quando fizerdes a colheita da vossa terra, não acabarás de segar os cantos do teu campo, nem colherás as espigas caídas da tua sega; para o pobre e para o estrangeiro as deixarás. Eu sou o SENHOR vosso Deus.

Ex 23:11 Mas ao sétimo a dispensarás e deixarás descansar, para que possam comer os pobres do teu povo, e da sobra comam os animais do campo. Assim farás com a tua vinha e com o teu olival.

4. PRÁTICA DE ISRAEL.

Rt 2:2 E Rute, a moabita, disse a Noemi: Deixa-me ir ao campo, e apanharei espigas atrás daquele em cujos olhos eu achar graça. E ela disse: Vai, minha filha. 3 Foi, pois, e chegou, e apanhava espigas no campo após os segadores; e caiu-lhe em sorte uma parte do campo de Boaz, que era da família de Elimeleque.

5. O CUIDADO DOS POBRES COMO EXPRESSÃO DE ADORAÇÃO E GRATIDÃO.

Ed 9:22 Como os dias em que os judeus tiveram repouso dos seus inimigos, e o mês que se lhes mudou de tristeza em alegria, e de luto em dia de festa, para que os fizessem dias de banquetes e de alegria, e de mandarem presentes uns aos outros, e dádivas aos pobres.

Provérbios 14:31 O que oprime ao pobre insulta aquele que o criou, mas o que se compadece do necessitado honra-o

6.( A ASSISTÊNSSIA AOS POBRES) – UMA MANIFESTAÇÃO DA JUSTIÇA DE DEUS ATRAVÉS DA IGREJA.

Pr 29:7 O justo se informa da causa dos pobres, mas o ímpio nem sequer toma conhecimento.

Dn 4: 27 Portanto, ó rei, aceita o meu conselho, e põe fim aos teus pecados, praticando a justiça, e às tuas iniqüidades, usando de misericórdia com os pobres, pois, talvez se prolongue a tua tranqüilidade.

Pv 29:7 O justo se informa da causa dos pobres, mas o ímpio nem sequer toma conhecimento.

Pv 29:14 O rei que julga os pobres conforme a verdade firmará o seu trono para sempre.

Pv 31:9 Abre a tua boca; julga retamente; e faze justiça aos pobres e aos necessitados.

7. Cuidar dos pobres é uma expressão da religião verdadeira

MT 19:21 Disse-lhe Jesus: Se queres ser perfeito, vai, vende tudo o que tens e dá-o aos pobres, e terás um tesouro no céu; e vem, e segue-me.

Lc 14: 12 E dizia também ao que o tinha convidado: Quando deres um jantar, ou uma ceia, não chames os teus amigos, nem os teus irmãos, nem os teus parentes, nem vizinhos ricos, para que não suceda que também eles te tornem a convidar, e te seja isso recompensado. 13 Mas, quando fizeres convite, chama os pobres, aleijados, mancos e cegos, 14 E serás bem-aventurado; porque eles não têm com que to recompensar; mas recompensado te será na ressurreição dos justos.

Tg 1:27* A religião pura e imaculada para com Deus, o Pai, é esta: Visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações, e guardar-se da corrupção do mundo.

Lucas 19:8 E, levantando-se Zaqueu, disse ao Senhor: Senhor, eis que eu dou aos pobres metade dos meus bens; e, se em alguma coisa tenho defraudado alguém, o restituo quadruplicado (Hoje entrou salvação... também é filho de Abraão)

8. O PECADO DE SODONOMA E GOMORRA.

Ez 16:49 "...Eis que esta foi a iniqüidade de Sodoma, tua irmã: Soberba, fartura de pão, e abundância de ociosidade teve ela e suas filhas; mas nunca fortaleceu a mão do pobre e do NESCESSITADO.

9. ALGUMAS PROMESSAS DE DEUS , COM RELAÇÃO AOS POBRES.

Provérbios 19:17 Ao SENHOR empresta o que se compadece do pobre, e ele lhe pagará o seu benefício (PARA O QUE DÁ AOS POBRES)

Sl 9:18 Porque o necessitado não será esquecido para sempre, nem a expectação dos pobres perecerá perpetuamente.

Sl 14:6 Vós envergonhais o conselho dos pobres, porquanto o SENHOR é o seu refúgio.

10. O MINIOSTÉRIO DE JESUS FOI PAUTADO POR ESSE CUIDADO.

Isa 11:4 Mas julgará com justiça aos pobres, e repreenderá com eqüidade aos mansos da terra; e ferirá a terra com a vara de sua boca, e com o sopro dos seus lábios matará ao ímpio,

Isa 14:30 E os primogênitos dos pobres serão apascentados, e os necessitados se deitarão seguros; porém farei morrer de fome a tua raiz, e ele matará os teus sobreviventes.

Lc 4:18 O Espírito do Senhor é sobre mim, Pois que me ungiu para evangelizar os pobres. Enviou-me a curar os quebrantados do coração,

11. A "COBIÇA" e a "SEPULTURA" nunca dizem basta

O desejo de "TER" e o consumismo tem produzido uma sociedade que não se importa com os pobres.

A existência de milhões de empobrecidos é a negação radical da ordem democrática. A situação em que vivem os pobres é critério para medir a bondade, a justiça e a moralidade, enfim, a efetivação da ordem democrática. Os pobres são os juízes da vida democrática de um país.

Existe no entanto outra maneira, também antiga, de tratar o problema. A idéia de que as causas da pobreza e os caminhos para sua solução não dependem da vontade ou do caráter dos indivíduos, mas das relações entre as pessoas; Isto sempre esteve presente nas formas mais radicais do cristianismo, e, na época moderna, nos escritos e movimentos políticos socialistas e comunistas. Para uns, a solução dependia ainda de uma regeneração moral, não mais dos pobres, mas dos ricos, cujo egoísmo e avareza deveriam ser transformados em verdadeira caridade e sentimento de justiça.

12. A MEDIDA DO JUÍZO DE DEUS EM RELAÇÃO AO QUE FIZERMOS AOS PEQUENINOS " OS POBRES".

MT 25:31-46 E quando o Filho do homem vier em sua glória, e todos os santos anjos com ele, então se assentará no trono da sua glória; E todas as nações serão reunidas diante dele, e apartará uns dos outros, como o pastor aparta dos bodes as ovelhas; E porá as ovelhas à sua direita, mas os bodes à esquerda. Então dirá o Rei aos que estiverem à sua direita: Vinde, benditos de meu Pai, possuí por herança o reino que vos está preparado desde a fundação do mundo; Porque tive fome, e destes-me de comer; tive sede, e destes-me de beber; era estrangeiro, e hospedastes-me; Estava nu, e vestistes-me; adoeci, e visitastes-me; estive na prisão, e fostes ver-me. Então os justos lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, e te demos de comer? ou com sede, e te demos de beber? E quando te vimos estrangeiro, e te hospedamos? ou nu, e te vestimos? E quando te vimos enfermo, ou na prisão, e fomos ver-te? E, respondendo o Rei, lhes dirá: Em verdade vos digo que quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes. Então dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos; Porque tive fome, e não me destes de comer; tive sede, e não me destes de beber; Sendo estrangeiro, não me recolhestes; estando nu, não me vestistes; e enfermo, e na prisão, não me visitastes. Então eles também lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, ou com sede, ou estrangeiro, ou nu, ou enfermo, ou na prisão, e não te servimos? Então lhes responderá, dizendo: Em verdade vos digo que, quando a um destes pequeninos o não fizestes, não o fizestes a mim. E irão estes para o tormento eterno, mas os justos para a vida eterna.

13.OS POBRE PRECISAM SER INCLUÍDOS NA AÇÃO PROPOSITAL DA "IGREJA"

A Igreja Precisa ser mais “terrenal” e menos “celestial” em suas ações, ainda que o seja em sua expectativa. As ‘ruas de ouro’ com suas ‘mansões’ criaram uma expectativa falsa gerando um conformismo.

14.A VERDADEIRA "IGREJA"NÃO TEM UMA MENTALIDADE CAPITALISTA DE "JUNTAR" MAS DE DE DIVIDIR O QUE TEM COM OS MENOS FAVORECIDOS.

Ec. 11:1,2; 2Co 9:9 – Lançar o pão sobre as águas, repartir com sete e com oito, espalhar, dar aos pobres

EXTRAÍDO DO SITE:
http://www.odiscipulo.com


COMENTÁRIO DO EDITOR DO BLOG:

Bem para finalizar gostaria de deixar bem enfazatizado que: a "IGREJA" precisa adquirir uma
mentalidade "COMUNITÁRIA" e "COOPERATIVISTA" levantando empreendimentos que acima de tudo venham mudar a forma de vida das pessoas; precisa ter uma atitude mais "HOLÍSTICA"; ou seja visar a ressureição ESPIRITUAL, renovação da MENTE, mudança COMPORTAMENTAL e melhoria da QUALIDADE DE VIDA do SER HUMANO.
Precisa sair deste sistema do MUNDO que é um sitema totalmente "FINANCEIRO" E "OPRESSOR", isso significa usar menos os "BANCOS" e investir mais na vida das "PESSOAS",
seja promovendo o empreendedorismo, seja pagando cursos para o aprimoramento para o melhor desenvolvimento das "PESSOAS" não apenas como seres "ESPIRITUAIS" mas como seres carnais e possuidores de um corpo que precisa ter integridade, moralidade e ser
digno, também aqui na TERRA, até a volta do Senhor JESUS.

Que me perdoem aqueles que insistem em dizer que igreja não é obra assistêncialista mas,
até concordo, que "igreja" de fato e de verdade não o seja, mas "A IGREJA" do Senhor "JESUS CRISTO' foi e sempre será A MAIOR E MAIS COMPLETA OBRA ASSISTÊNCIALISTA DE TODOS OS TEMPOS, pois trata do "CORPO" da "ALMA" e do "ESPÍRITO" do ser humano.

Que Senhor JESUS nos dê um coração puro e generoso para praticarmos a cada dia a "CARIDADE" e o "AMOR", que são a maior prova de que somos VERDADEIRAMENTE filhos de DEUS, e de que o AMAMOS .

"SE NÃO AMA AO SEU IRMÃO A QUEM VÊ, COMO PODE AMAR A DEUS A QUEM NÃO VÊ?..."



JRFL

GRANDE! GRANDE ÉS SENHOR E ETERNO EM MISERICÓRDIA...




O QUE HÁ DE ERRADO COM OS LOUVORES ANTIGOS!?


Nada,absolutamente nada; na verdade temos vivido tempos dificeis, quem pode dizer que os hinos atuais também não são para a honra e glória do Senhor sem incorrer no risco de ser JUIZ.Porém de certa forma o fazem com os antigos e abandonando e deixando-os cada vez mais no esquecimento; ao meu ver a IGREJA DO SENHOR JESUS, precisa buscar um ponto de equilíbrio afinal "Deus" o próprio "DEUS" nos ensina a termos um espírito de MODERAÇÃO pelo qual clamamos aba PAI, clamemos ao Senhor e deixemos que ele nos dê a direção e nos mostre realmente o que ele quer que cantemos ou falemos enfim tudo o que ele quer que façamos.

"TODAS AS COISAS SÃO PARA ELE... MAS,SOMENTE AQUELAS QUE "VERDADEIRAMENTE" VÊEM DELE, E SÓ SABEREMOS QUAIS SÃO SE ESTIVERMOS TAMBÉM LIGADOS "VERDADEIRAMENTE" NELE."

QUE SENHOR NOSSO DEUS NOS ILUMINE COM TEU ESPÍRITO PARA QUE ENCONTREMOS A CADA DIA A MELHOR FORMA PARA SERVI-LO ADORA-LO NÃO COMO QUEREMOS MAS COMO ELE DESEJA QUE O FAÇAMOS.



JRFL

O QUE NÃO PODEMOS JAMAIS ESQUECER É QUE SOMOS:



ESPÍRITO, ALMA E CORPO.

Este estudo é importante para compreendermos como o ser humano é formado e conhecermos sua estrutura.

I Ts 5:23
"E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso espírito, e alma, e corpo, sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo. "

O ser humano é tripartido. Todo homem é espírito alma e corpo. O corpo é diferente da alma e a alma é diferente do espírito. ( diferente do Espírito Santo )

"O HOMEM É UM ESPÍRITO QUE TEM ALMA E HABITA EM UM CORPO"

Espírito humano: Ponto de contato com Deus. É através do meu espírito que tenho consciência de Deus e me relaciono com Ele. Deus é Espírito e só podemos perceber Deus no espírito. ( Ef 2:22 Jo 4:24 )

Alma : É tudo que o homem é. Sua personalidade. Seu ego. É o mundo dos pensamentos, sentimentos e decisões. A alma está entre o espírito e o corpo. Pertence aos dois. Está ligada ao mundo espiritual através do espírito e ao mundo material através do corpo. Através da alma tenho consciência de mim mesmo.

Áreas da alma
Mente : Sede da alma, intelecto, pensamentos, raciocínios, memória.

Vontade : Instrumento para tomar decisões. Poder para escolher.
Emoções : Instrumento para expressar nossos sentimentos, gostos, simpatias, alegrias, tristezas, amor, ódio, etc.
(A alma do homem é singular)

Corpo : Minha forma visível. Com ele me relaciono com o mundo exterior.( ex.: Os cinco sentidos, fala, audição, visão, oufato, tato. )
Homem comparado ao Tabernáculo de Deus

I Co 3:16

"Não sabeis vós que sois santuário de Deus, e que o Espírito de Deus habita em vós?"

"CRIAÇÃO E QUEDA DO HOMEM"

Deus criou o homem à sua imagem e semelhança. O criou para ter comunhão com ele. Adão antes da queda era um homem perfeito e usava todo seu potencial da alma, mas era governado pelo espírito.

Homem criado a semelhança de Deus. Tinha comunhão com Deus em espírito que governava sua alma , que por sua vez governava o corpo.

O homem era um ser governado pelo espírito

Após a queda o espírito do homem morreu para Deus e o homem perdeu a comunhão com Ele.

O homem passou a ser governado pela sua alma.

A Salvação

Salvação => Cura Completa ( 3 fases )

1) Justificação do espírito

Livra-me da culpa do pecado. É o inicio da caminhada.
Quando o homem caiu (escolheu fazer a própria vontade ao invés da vontade de Deus), ele morreu espiritualmente. O homem ficou então incapaz de ter comunhão com Deus por causa da culpa do pecado. Gn 3:7-10

O problema da culpa só tem duas soluções : É paga ou perdoada.

O homem por si só não pode justificar-se diante de Deus e remir sua culpa.

Deus é perfeitamente santo, puro, justo e qualquer erro, por menor que seja, qualquer pensamento impuro, qualquer deslize , para ele é uma ofensa terrível

Mas pela sua misericórdia e amor Ele enviou Jesus, que foi perfeito, puro, justo, santo, não cometeu nenhum pecado e por isso foi oferecido como sacrifício pelos nossos pecados, nos perdoando e livrando de toda culpa. Podemos agora Ter comunhão com Deus livremente.

Aqui começa o drama do homem, ou ele aceita o perdão de Deus através de Jesus Cristo, ou ele vai tentar achar alguma forma de remir esse sentimento.

( religiosidade, obras, autopunição )

Religião => forma do homem tentar aplacar a ira de Deus.

Recebemos o perdão pela graça de Deus, mediante a fé em Jesus Cristo. Mas muitas pessoas não aceitam ser salvas sem que tenham que fazer algo.A graça de Deus é uma afronta ao seu orgulho do homem.

O novo nascimento, a obra de Jesus por nós , vivifíca o nosso espírito e podemos novamente ter comunhão com Deus. Ef 2:1 Jo 1:12-13

2) Santificação da alma

Cura das lembranças e emoções, vontade ajustada com a vontade de Deus. Imprime em nós o caráter de Cristo ( caminhar por fé e não por sentimentos ).

Deus cura nosso espírito nos dá tudo que precisamos para ter uma vida santa e reta em perfeirta comunhão com Ele (um novo espírito, uma nova vida ). II Pe 1:3

Em que nós enroscamos então ?

Nas enfermidades da alma causadas pelo pecado ( independência de Deus ) em nossa mente, vontade e emoções .

Nossa alma ( mente, vontade e emoções ) foi afetada pelo pecado e também precisa de cura

Quando nos convertemos Deus, através de sua Palavra, começa uma limpeza em nosso interior, em nossa alma.

Lc 21:19 - Ganhareis vossa almas

I Pe 1:9 - Objetivo: Salvação da alma ( cura )

I Pe 1:22 - Purificação da alma ( mente, vontade e emoções )

O Espírito é vivificado para que a partir daí comece a santificação da alma.

Fp 1:6 - Aquele que começou a boa obra...

Qual é esta obra ?

A Santificação da alma ( cura da alma )

Consiste no operar diário da cruz de Cristo em nossas vidas.

Cruz : quando a vontade de Deus entra enchoque com a minha vontade e eu escolho fazer a vontade de Deus.

Mt 11:28-29

"Vinde a mim, todos os que estai cansados e oprimidos, e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e achareis descanso para as vossas almas."

3) Glorificação do corpo

O objetivo final na ressurreição ou arrebatamento, quando receberemos um novo corpo, semelhante ao de Cristo depois de ressurreto. I Co 15:51-52


Que possamos todos em o nome do Senhor JESUS, alcançar nosso maior objetivo que é a nossa SALVAÇÃO; para podermos desfrutar da vida ETERNA tendo recebido um novo NOME e corpo GLORIFICADO e IMORTAL.

JRFL

EXTRAÍDO DO SITE:
http://www.odiscipulo.com

segunda-feira, 15 de novembro de 2010

O QUE AGRADA A DEUS!!?

O que agrada a Deus - Ronaldo Bezerra from Portal Comuna on Vimeo.




COM PR. RONALDO BEZERRA

DESCONTROLE FINANCEIRO O MAL DO SÉCULO!!

FINANÇAS PESSOAIS

...DINHEIRO NÃO É TUDO, MAS...FAZ PARTE DE UM TODO!!!





PALESTRANTE MOTIVACIONAL EVANGÉLICO PROF: RHUDY RIBEIRO.

RAZÕES TEMOS D+...PARA NÃO PECAR!!!



1 – Porque um pequeno pecado leva a mais pecados.
2 – Porque o meu pecado evoca a disciplina de Deus.
3 – Porque o tempo gasto no pecado é desperdiçado para sempre.
4 – Porque o meu pecado nunca agrada a Deus; pelo contrário, sempre O entristece.
5 – Porque o meu pecado coloca um fardo imenso sobre os meus lideres espirituais.
6 – Porque, no devido tempo, o meu pecado produz tristeza em meu coração.
7 – Porque estou fazendo o que não devo fazer.
8 – Porque o meu pecado sempre me torna menor do que eu poderia ser.
9 – Porque os outros, incluindo a minha família, sofrem conseqüências por causa do meu pecado.
10 – Porque o meu pecado entristece os santos.
11 – Porque o meu pecado causa regozijo nos inimigos de Deus.
12 – Porque o meu pecado me engana, fazendo-me acreditar que ganhei, quando, na realidade, eu perdi.
13 – Porque o pecado pode impedir que eu me qualifique para a liderança espiritual.
14 – Porque os supostos benefícios de meu pecado nunca superam as conseqüências da desobediência.
15 – Porque me arrepender do meu pecado é um processo doloroso, mas eu tenho de arrepender-me.
16 – Porque o pecado é um prazer momentâneo em troca de uma perda eterna.
17 – Porque o meu pecado pode influenciar outros a pecar.
18 – Porque o meu pecado pode impedir que outros conheçam a Cristo.
19 – Porque o pecado menospreza a cruz, sobre a qual Cristo morreu com o objetivo específico de remover o meu pecado.
20 – Porque é impossível pecar e seguir o Espírito Santo, ao mesmo tempo.
21 – Porque Deus escolheu não ouvir as orações daqueles que cedem ao pecado.
22 – Porque o pecado rouba a minha reputação e destrói o meu testemunho.
23 – Porque outros, mais sinceros do que eu, são prejudicados por causa do meu pecado.
24 – Porque todos os habitantes do céu e do inferno testemunharão sobre a tolice deste pecado.
25 – Porque a culpa e o pecado podem afligir minha mente e causar danos ao meu corpo.
26 – Porque o pecado misturado com a adoração torna insípidas as coisas de Deus.
27 – Porque o sofrer por causa do pecado não tem alegria nem recompensa, ao passo que sofrer por causa da justiça tem ambas as coisas.
28 – Porque o meu pecado constitui adultério com o mundo.
29 – Porque, embora perdoado, eu contemplarei novamente o pecado no Tribunal do Juízo, onde a perda e o ganho das recompensas eternas serão aplicados.
30 – Porque eu nunca sei por antecipação quão severa poderá ser a disciplina para o meu pecado.
31 – Porque o meu pecado pode indicar que ainda estou na condição de uma pessoa perdida.
32 – Porque pecar significa não amar a Cristo.
33 – Porque minha indisposição em rejeitar este pecado lhe dá autoridade sobre mim, mais do que estou disposto a acreditar.
34 – Porque o pecado glorifica a Deus somente quando Ele o julga e o transforma em uma coisa útil; nunca porque o pecado é digno em si mesmo.
35 – Porque eu prometi a Deus que Ele seria o Senhor de minha vida.


EXTRAÍDO DO SITE:www.cristaofiel.wordpress.com

sábado, 13 de novembro de 2010

MISSÕES !! ESTAMOS RECEBENDO DOAÇÕES PARA NOSSA BASE MISSINARIA NO MUNICIPIO DE NOVA VIÇOSA BAHIA,DISTRITO DE ARGOLO.

A BÍBLIA COMO ELA É!!




Atual, autêntica, confiável...


Um jovem solicitou ao seu pastor que escrevesse uma dedicatória em sua Bíblia. Um bom versículo já constava na página em branco: "Eu sou o pão da vida." O pastor apenas acrescentou: "Não o deixe mofar". O jovem jamais esqueceu esse conselho. Ele o pôs em prática lendo a Bíblia como sendo o pão da vida, fazendo dela seu alimento espiritual diário. Durante toda a sua vida ele foi grato por isso.

Singular em sua divulgação

A Bíblia é de longe o livro mais traduzido do mundo. Partes da Bíblia podem ser lidas atualmente em mais de 2.212 línguas diferentes e todo ano a lista é acrescida de 40 novas traduções. Nenhum outro livro também se aproxima da sua tiragem: o número de exemplares impressos sobe a cada ano, apesar da Bíblia ter sido o livro mais atacado em todos os tempos. Soberanos de todas as épocas, políticos, reis e ditadores, até líderes religiosos e seus cúmplices tentaram privar o povo de sua leitura. Combateram-na, despojaram-na de seu conteúdo, tentaram destruí-la. Pode-se dizer que jamais outro livro foi tão amado e ao mesmo tempo tão odiado quanto a Bíblia!

Singular em sua formação

Na verdade, a Bíblia é uma pequena biblioteca formada por 66 volumes. Ela foi escrita por aproximadamente 40 autores diferentes, durante um período de mais ou menos 1500 anos. Com toda a certeza ela não foi escrita por iniciativa coletiva. Ela também não foi planejada por alguém. Um dos autores escreveu na Arábia, outro na Síria, um terceiro em Israel, e ainda outro na Grécia ou na Itália. Um dos autores atuou mais como historiador ou repórter, outro escreveu como biógrafo, outro escreveu tratados teológicos, ainda outro compôs poemas e escreveu provérbios, enquanto outro registrou profecias. Eles escreveram sobre famílias, povos, reis, soberanos e impérios do mundo. O escritor das primeiras páginas jamais poderia saber o que outro escreveria 1400 anos mais tarde. Os escritores de séculos futuros nunca poderiam saber, por si mesmos, o sentido profético de um texto escrito centenas de anos antes. Mesmo assim, a Bíblia é um livro de uma unidade impressionante, com coerência do início ao fim, tendo um tema comum e falando de uma pessoa central: Jesus Cristo. A Bíblia é o único livro no qual milhares de profecias se cumpriram literalmente. Suas predições realizaram-se nos mínimos detalhes durante a história. Locais e datas mencionados nos relatos bíblicos foram confirmados pela ciência. Quando nos perguntamos como foi possível aos autores alcançarem uma unidade e uniformidade tão grandes no que escreveram, concluímos que só nos resta a resposta de 2 Pedro 1.21: "Porque nunca jamais qualquer profecia foi dada por vontade humana; entretanto, homens santos falaram da parte de Deus, movidos pelo Espírito Santo." Em outra passagem, a Bíblia diz: "Toda a Escritura é inspirada por Deus..." (2 Tm 3.16). Um filósofo francês expressou-se da seguinte maneira sobre a maravilha que é a Bíblia: "Quão miseráveis e desprezíveis são as palavras dos filósofos quando comparadas com as da Bíblia! É possível um livro tão simples, mas ao mesmo tempo tão perfeito, ser palavra humana?"

Singular em seus efeitos

Um ateu enviou a um jovem cristão grande número de artigos selecionados para convencê-lo de que a Bíblia era atrasada em muitas de suas afirmações e ultrapassada pelos conhecimentos dos tempos atuais. O jovem respondeu:

Se você tiver algo melhor que o Sermão do Monte, alguma coisa mais bela que a história do filho pródigo ou do bom samaritano, alguma norma ou lei de nível superior aos Dez Mandamentos, se você puder apresentar algo mais consolador que o Salmo 23, ou algum texto que me revele melhor o amor de Deus e esclareça mais o meu futuro do que a Bíblia, então – por favor, envie-o para mim com urgência!

Nenhum outro livro além da Bíblia transformou a vida de tantas pessoas para melhor. Ela é um livro honesto e mostra o ser humano como ele é. A Bíblia expõe o pecado e aponta o caminho para o perdão, ela exorta e consola, faz-nos ser humildes e nos edifica. A Bíblia nos mostra a razão de viver, coloca-nos diante de um alvo que faz sentido, e com ela entendemos a origem e o futuro da criação e da humanidade. A Bíblia lança luz sobre nossas dúvidas. Ela coloca a esperança diante de nossos olhos e fala de Deus e da eternidade como nenhum outro livro jamais o poderia fazer. Até Friedrich Nietzsche, inimigo do cristianismo, disse sobre a Bíblia:

Ela é o livro da justiça de Deus. Ela descreve coisas e pessoas em um estilo tão perfeito, que os escritos gregos e hindus não podem ser comparados a ela. O estilo do Antigo Testamento é uma parâmetro de avaliação tanto de escritores famosos como de iniciantes.

Infelizmente, Nietzsche nunca seguiu pessoalmente o que a Bíblia diz.

O escritor Ernst Wiechert escreveu sobre a Bíblia:

Tudo me encantava, muitas coisas me comoviam, outras me abalavam. Mas nada formou e moldou tanto minha alma naqueles anos como o Livro dos Livros. Não me envergonho das lágrimas que derramei sobre as páginas da Bíblia.

Marc Chagall, o gande pintor judeu, disse: "Desde minha infância a Bíblia me orientou com sua visão sobre o rumo do mundo e me inspirou em meu trabalho."

Singular em sua confiabilidade

Alexander Schick escreve:

Nenhum livro de toda a literatura universal pode ser documentado de maneira tão impressionante no que diz respeito ao seu texto original. E nenhum outro livro apresenta uma tão farta profusão de provas de sua autenticidade. Achados de antigos escritos nos dão a certeza de que temos em mãos a Bíblia com a mesma mensagem que os cristãos da igreja primitiva.

A Bíblia – ela funciona!

Em uma revista alemã encontramos o texto abaixo, que transcrevemos por ser muito precioso:

A Bíblia mostra a vontade de Deus, a situação do ser humano, o caminho da salvação, o destino dos pecadores e a bem-aventurança dos crentes.

• Seus ensinos são sagrados, seus preceitos exigem comprometimento, seus relatos são verdadeiros e suas decisões, imutáveis.

• Leia-a para tornar-se sábio e viva de acordo com ela para ser santo.

• A Bíblia lhe ilumina o caminho, fornece alimento para seu sustento, dá refrigério e alegria ao seu coração.

• Ela é o mapa dos viajantes, o cajado dos peregrinos, a bússola dos pilotos, a espada dos soldados e o manual de vida dos cristãos.

• Nela o paraíso foi restabelecido, o céu se abriu e as portas do inferno foram subjugadas.

• Cristo é seu grandioso tema, nosso bem é seu propósito, e a glorificação de Deus é seu objetivo.

• Ela deve encher nossos pensamentos, guiar nosso coração e dirigir nossos passos.

• Leia-a devagar, com freqüência, em oração. Ela é fonte de riqueza, um paraíso de glórias e uma torrente de alegrias.

• Ela lhe foi dada nesta vida, será aberta no juízo e lembrada para sempre.

• Ela nos impõe a maior responsabilidade, compensará os maiores esforços e condenará todos os que brincarem com seu conteúdo sagrado.

Um mecânico foi chamado para consertar o mecanismo de um gigantesco telescópio. Na hora do almoço o astrônomo-chefe encontrou-o lendo a Bíblia. "O que você espera de bom desse livro?", perguntou ele. "A Bíblia é ultrapassada, e nem se sabe quem a escreveu!"

O mecânico hesitou por um momento, levantou seus olhos e disse: "O senhor não usa com freqüência surpreendente a tabuada em seus cálculos?"

"Sim, naturalmente", respondeu o astrônomo.

"O senhor sabe quem a escreveu?"

"Por quê? Não, bem, eu suponho... Eu não sei!"

"Por que, então", disse o mecânico, "o senhor confia na tabuada?"

"Confiamos porque – bem, porque ela funciona", concluiu o astrônomo, irritado.

"Bem, e eu confio na Bíblia pela mesma razão – ela funciona!"

A Bíblia – atual, autêntica, confiável! Quem lê a Bíblia tem uma vida plena (Norbert Lieth)

EXTRAÍDO DO SITE: www.ajesus.com.br

domingo, 3 de outubro de 2010

Propósito pela Familia - Mês de Outubro


Durante o mês de Outubro a Igreja Assembleia de Deus em Consolação tem compromisso de orar por toda sua familia.

"Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam; Se o Senhor não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela" (Salmo 127:1).

sexta-feira, 10 de setembro de 2010

DIA 11 DE SETEMBRO SABADO AGORA CULTO NA IGREJA ASSEMBLÉIA DE DEUS FONTE DE ESPERANÇA NO CENTRO DE VITÍORIA. "NAS PROXIMIDADES DO COLÉIO NACIONAL."


ESQUIPE DE LOUVOR DA IGREJA ASS. E DEUS EM CONSOLAÇÃO.


OLÁ ESTAREMOS LÁ SABADO PARTICIPANDO NAQUELE CULTO AO SENHOR QUE COM TODO CERTEZA SERÁ UMA BENÇÃO, VENHA LOUVAR CONOSCO E COM A EQUIPE DE LOUVOR FONTE DE ESPERANÇA
DO PASTOR MARCOS CAMPOS.



TE AGUARDAMOS.
E LEMBRE-SE!
"...AINDA HÁ UMA ESPERANÇÃ A FONTE DE ESPERANÇA É JESUS!"

MINISTÈRIO DE LOUVOR E ADORAÇÃO RESTAURANDO VIDAS "DIANTE DO ALTAR".

JOÃO RICARDO FERREIRA LEAL

terça-feira, 7 de setembro de 2010

OLÁ! A "PAZ" IRMÃOS HOJE É DIA DE CONQUISTA TERÇA DA CONQUISTA!!

LOGO MAIS SE DEUS PERMITIR ESTAREMOS ÀS 19:30 JUNTAMENTE COM IRMÃ MISS.RUTH,CULTUANDO AO SENHOR NOSSO DEUS, SERÁ UMA BENÇÃO COMO TEM SIDO TODAS AS TERÇAS VOCÊ NÃO PODE PERDER!!!

MAIS UM ESTUDO PROFÉTICO.


DECLARE ISTO:

"TODO LUGAR QUE EU PISAR CONQUISTAREI...MAS DIGA COM FÉ TODO MESMO, POIS EU TAMBÉM ESTAREI DIZENDO ISTO PROFETIZANDO VITÓRIA SOBRE A TUA E MINHA VIDA, EM NOME DO SENHOR JESUS!..."


“Todo lugar que pisar a planta do vosso pé, vo-lo tenho dado” (Js 1:3)

Meus Amados.

Toda promessa tem um preço,creio eu assim todo "DIREITO" corresponde a uma "OBRIGAÇÃO" vejamos pois um exemplo disto:
“Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus; a saber: aos que crêem no seu nome.” João 1.12

Amados é claro que, a primeira parte deste versículo enfatiza, uma promessa; a de podermos nos tornar "FILHOS" de DEUS; mas vejo também bem claro que há condições para que isto se cumpra,uma delas é "AOS QUE CRÊEM EM TEU NOME..." e outra é " AOS QUE O RECEBERAM..." não se pode receber promessa sem crer nesta promessa não é mesmo.
Os judeus por exemplo, JESUS veio exclusivamente para eles, e eles não o receberam e automaticamente não se cumpriu na vida deles o "TORNAR-SE FILHO DE DEUS", no entanto nós os gentios, nos agarramos a esta promessa, por isto temos sido alcançados por ela até os dias de hoje, nos tornando "FILHOS POR ADOÇÃO" pois o recebemos e cremos no teu nome.
Queridos em minha caminhada tenho tropeçado por diversas vezes,e alguns destes tropeções me lançaram realmente no chão mas, graças a DEUS tenho aprendido que de fato e de verdade o "cair" é do "HOMEM" e o "LEVANTAR" é de "DEUS": sim é de propósito mesmo,quando uso letras maiúsculas e "aspas" é sim para enfatizar ou menos prezar algo.Assim como depois de uma caminhada cansativa pelo deserto, que durou quarenta anos, os filhos de Israel estavam chegando no limiar da terra prometida por Deus, perto das margens do rio Jordão. Moisés havia morrido e agora que os dirigia era Josué, conforme ordem recebida de Deus: “tu introduzirás os filhos de Israel na terra que, sob juramento lhes prometi; e eu serei contigo” (Dt 31:23).
Eu também por diversas vezes contemplo a proximidades da tão sonhada "TERRA PROMETIDA" mas confesso que muitas vezes esmoreço ante as dificuldades ante aos "GIGANTES" que sei que habitam esta terra,que tem "LEITE SIM " e "TEM MEL" e como tem; mas tem lutas a vista também, muitas lutas.
Fico imaginando como JOSUÉ se sentia, diante desta promessa, quantos pensamentos
devem ter passado por sua mente, assim como passa na mente de cada um de nós: ante as responsabilidade que "DEUS" tem entregue em nossas mãos.
Da mesma maneira que Deus disse a JOSUÉ:"PASSA ESTE JORDÃO TU E TODO POVO, Á TERRA QUE EU DOU AOS FILHOS DE ISRAEL. POIS TODO LUGAR QUE PISAR A PLANTA DE VOSSOS PÉ VO-LO TENHO DADO, COMO EU DISSE A MOISÉS..." JOSUÉ:1:2-3
Amados, há um mistério a mais nestes dois versículos que talvez muitos pregadores ainda não tenha atentado para ele; DEUS féz a promessa para todo o Israel, mas quando ele diz: a titulo até de fortalecimento "O LUGAR ONDE PISAR A PLANTA DE VOSSO PÉ" disse no singular e não no plural "PÈS", o que me leva a crer que o Senhor estava falando diretamente e sempre diretamente com o "LIDER" do seu povo.O que quer dizer
o "LIDER" é que vai determinar a coisa toda, ele tem que esta a frente em todas sua "FÉ" tem que ser diferenciada da dos demais, pois DEUS o escolhe e o capacita para isto.
E foi esta promessa também feita ao povo, que liderado por JOSUÉ também, onde pisassem deveriam possuir.E foi o que eles fizeram? infelizmente não, não foi
contentaram-se em conquistar as terras mais próximas deles,desistiram de ir avante
quanto de nós "IRMÃOS" por qual quer motivo desiste de ir em frente; por medo por fraqueza ou até mesmo por simplesmente "PREGUIÇA" e acabamos por não "CONQUISTAR"
a "TERRA" que o Senhor tem prometido a nós.
Queridos Irmãos gostaria de vos fazer uma pergunta, e gostaria também que refletissem sobre isto:
-Por que existem cristãos que crescem espiritualmente e vão de vitória em vitória, enquanto outros não crescem?

- Porque alguns amados atravessam o Jordão, colocam a planta dos seus pés em alguns metros do terreno e ali ficam, contentando-se com aquele pouco que conseguem. Não se esforçam para conquistar outras terras à sua frente. Acomodam-se e não crescem.
Deus nos promete infinitamente mais. Devemos lembrar-nos de Suas promessas porque Ele já nos deu tudo. Não podemos e não devemos nos contentar com pouco. Devemos entrar ousadamente nas terras prometidas por Deus e prosseguirmos avante, indo conquistando a cada dia mais e mais.
E eu sei que há muitos territórios de promessas que ainda não foram conquistados por sermos demasiadamente comodistas e nos contentarmos com o pouco que temos, quando existem riquezas infinitas de Deus para tomarmos posse.
Essas terras que Deus nos fala para tomarmos posse se referem a uma vida cheia de Sua graça – paz, alegria, domínio próprio, mansidão, fé, sabedoria, bondade, discernimento e muitas outras, e eu meus irmãos me coloco como o principal que precisa conquistar estas coisas não para minha própria "glória" mas para a honra e "GLÓRIA " do Senhor nosso Deus.
É necessário colocarmos nossos pés nessas terras e, depois de possuí-las, continuarmos caminhando para a frente e irmos tomando posse de outras que estiverem à frente, esperando ser conquistadas. Os israelitas nunca percorreram mais do que um terço das terras que Deus lhes havia dado. Possuíram exatamente o que mediram, nada mais. Se tivessem feito o que Deus lhes dissera, teriam conquistado toda aquela região, e muito mais.
Não devemos nos esquecer das palavras do Senhor contidas em 2 Pedro 1:2,4. “Vocês desejam cada vez mais da bondade e da paz de Deus? Então aprendam a conhecê-lo cada vez melhor. Porque à medida que vocês o conhecerem melhor, Ele lhes dará por intermédio do seu grande poder tudo quanto vocês necessitam para viver uma vida verdadeiramente boa. Ele até nos faz participantes da sua própria glória e da sua própria virtude. E por esse mesmo grandioso "PODER" Ele nos concedeu todas as outras ricas e maravilhosas bênçãos que nos prometera, como por exemplo, a promessa de nos salvar da imoralidade, da podridão que nos rodeia e de dar-nos da sua própria natureza” (2 Pe 1:2,4 – Bíblia Nova).
Meçamos este território com os dois pés: o da fé que obedece e o da obediência que crê,e que todas estas palavras se apliquem primeiramente em minha vida, e também sirvam para edificação da "IGREJA" do Senhor JESUS CRISTO.

Que a graça E a compaixão salvadora e restauradora do Senhor JESUS possa neste momento abundar em nossos corações, para que possamos estar firmes até a sua volta, conto com as orações de todos.


JOÃO RICARDO FERREIRA LEAL
LEVITA

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

VIGIAI E ORAI... A COMEÇAR POR MIM.





"Toda ação provoca uma reação de igual intensidade, mesma direção e em sentido contrário".

Amados sempre achei muito interessante esta máxima, trata-se de uma lei da fisica criada por newton,e é a mais pura realidade,"TODA AÇÃO GERA UMA REAÇÃO" só que a maioria das pessoas esquecem disto, inclusive eu; e por vezes acabamos atolando o pé literalmente na "JACA" no caso da igreja a jaca acaba sendo a vida do irmão que quase sempre acabamos, mesmo até que muitas vezes sem querer outras por descuido mesmo é nos colocando em dificuldades e também a outros, por isto é melhor seguir mesmo o conselho de JESUS:" VIGIAR E ORAR O TEMPO TODO" para não cairmos em tentação e nem tentarmos ninguém..
Bom isto não importa não é mesmo o importante é estarmos sempre atento a PALAVRA a palavra de vida eterna que só quem tem é JESUS CRISTO e ninguém mais o resto é fofoca calunias e difamação, só JESUS TEM PALAVRA DE VIDA, e por falar nisto não é por muito falar digo escrever que serei ouvido então hoje em especial DEUS sabe o que estou sentindo e deixarei algums trechos bíblicos para nossa relfexão.


Reflexão: Mt 7:1-5

"Não julgueis..." por que não devemos julgar?
Não devemos julgar, para não sermos julgados (7;1)

"Pois com o juizo com que julgamos, nós também somos julgados" (7:2)

TORNAMOS-NOS HIPÓCRITAS QUANDO ESQUECEMOS DE OLHAR PARA NÒS MESMOS!!

"porque reparas tu no argueiro que esta no olho do teu irmão, estando uma trave no teu ?

SOMOS TODOS IGUAIS

Os judeus se orgulhavam de ter a lei, mas eles também estavam debaixo da ira da Deus, como os gentios (Rm 2:1-3)

Todos estão debaixo do pecado.
"Porque todos pecaram e distituídos estâo da glória de Deus"
(Rm 3:9)

"Não há um justo se quer"
como está escrito: Não há justo, nem sequer um.
(Rm 3:10)

NÃO HÁ QUEM ENTENDA.
Não há quem entenda; não há quem busque a Deus.
(Rom 3:11)

TODOS SE EXTRAVIARAM
Todos se extraviaram; juntamente se fizeram inúteis. Não há quem faça o bem, não há nem um só.
(Rm 3:12)

QUAIS SÃO OS FRUTOS DA NATUREZA CAÍDA
Ora, as obras da carne são manifestas, as quais são: a prostituição, a impureza, a lascívia,
(Gl 5:19)
A idolatria, a feitiçaria, as inimizades, as contendas, os ciúmes, as iras, as facções, as dissensões, os partidos,Gl 5:20, 21/
(Gl 5:20)
as invejas, as bebedices, as orgias, e coisas semelhantes a estas, contra as quais vos previno, como já antes vos preveni, que os que tais coisas praticam não herdarão o reino de Deu
9Gl 5:21)

Rm 3:13-18/ Rm 1:28-32

A lei de Deus que é santa, justa e boa faz, com que toda a boca esteja fechada e todo o mundo seja culpavel diante de Deus- Rm 3:19

-Ninguém será justificado diante de Deus pelas obras da lei, por que pela lei vem o conhecimento do pecado- Rm 3:20

Enfim, todos pecaram ...(Rm 3:23)

Que a graça E a compaixão salvadora e restauradora do Senhor JESUS possa neste momento abundar em nossos corações, para que possamos estar firmes até a sua volta, conto com as orações de todos.

O DEUS QUE EU CREIO.



Amados Irmãos.

Embora o título desta matéria pareça, um tanto quanto "em-simesmado" gostaria de no decorrer da mesma estar esclarecendo algums pontos de minha "CRENÇA".
Em primeiro lugar quando afirmo o DEUS que eu creio não quero com isto criar um DEUS
segundo a minha imagem e semelhança, ou seja " O DEUS DA MINHA CONVENIÊNCIA"
não definitivamente não é nada disto; na verdade entendo, que hoje em dia cada um busca
a sua verdade e crença com relação a DEUS, cada um tem uma forma de enxergar
seu carater, aliás muitos estudiosos têm ousado até em estudar a "personalidade" de DEUS o colocando como que num consultório de pscoterapia, para o compreender.
Enquanto isto eu prefiro e vou sempre preferir buscar ser entendido por ele e ter a certeza de que me entende, pois para mim não há o que se estudar sobre a sua personalidade se eu já sei que ele é a própria essência do AMOR " DEUS É AMOR", com o que que mais deveria eu me preocupar.
É, o DEUS que eu creio não precisa ser estudado nem muito menos analisado como muitos
hoje em dia o fazem, O SENHOR DEUS tem sim uma grande nescessidade se é que posso dizer assim de um ser que supre e que pode todas as coisas, mas esta minha colocação
até poética, tem apenas a finalidade de esclarecer que o importante mesmo para DEUS creio assim é não a forma que o ser humano o vê, e sim como o "SENTE".
Sim o sentir DEUS é mais importante do que o tentar compreende-lo, pois somos infinitamente "LIMITADOS" nossa mente por mais sabedoria que possa alcançar, jamais poderá chegar a comprrenção do nosso CRIADOR seria ousar demais.Por isto mesmo já tendo lido já vários livros sobre DEUS e seu carater, não consegui nunca através de nenhum deles chegar ao conhecimento REAL dele; porém em meu dia a dia em minha caminhada espinhosa e titubiante tenho sim aprendido a sentir as diversas formas do seu agir em minha vida.
Sou hoje uma pessoa um tanto quanto "polêmica", devido as minhas variações e muitas atitudes nada ortodoxas, pra falar a verdade nem eu mesmo me entendo, e ai vale apenas citar nosso amado irmão o apóstolo PAULO.Como sofria este irmão e quão incompreendido foi quanta vontade de acertar, quanta vontade de fazer o BEM, mas ele mesmo dizia:"O BEM QUE QUERO FAZER NÃO FAÇO E O MAL QUE NÃO QUERO FAZER ESTE FAÇO..."
Rom: 7:19.
orava três vezes ao dia pedindo a DEUS que o livrasse de um espinho que tanto o atormentava, e o energonhava de tal forma que ele o chamava de menssageiro do diabo enviado para o esbofetear.“E para que não me ensoberbecesse com a grandeza das revelações, foi-me posto um espinho na carne, mensageiro de Satanás, para me esbofetear, a fim de que não me exalte. Por causa disto, três vezes pedi ao Senhor que o afastasse de mim. Então, ele me disse: A minha graça te basta, porque o poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, mais me gloriarei nas fraquezas, para que sobre mim repouse o poder de Cristo” (2 Coríntios 12:7-9).

Meus amados irmãos quantos de nós não somos diáriamente esbofeteados senão pelos outros por nós mesmos, e nossa conciência mas como respondeu a PAULO Deus tambem
nos responde hoje, pare de lutar com os outros e consigo mesmo, pare de se debater crendo que com isto vai se livrar deste ESPINHO pois eu já decretei que não o tirarei, mas multiplicarei a cada dia a minha graça sobre tua vida.
Sim queridos como respondeu a PAULO a minha graça te basta, DEUS nos tem respondido assim atravéz de sua palavra: "ONDE ABUNDOU O PECADO SUPERABUNDOU A GRAÇA..."
Rom. 5:20.

Este é o DEUS que eu creio não há nehuma novidade nehuma nova teologia, ele é tudo que a sua palavra me diz é o mesmo ontem hoje e sempre e nunca vai mudar pois não há nele sombra de variação, as formas de estuda-lo podem mudar, as pessoas que tentam o explicar mudarão tambem, mas ele continuará sendo o MESMO DEUS de sempre SANTO,JUSTO,RETO,PERFEITO E ETERNO EM SUAS MISERICÓDIAS.


Que a graça E a compaixão salvadora e restauradora do Senhor JESUS possa neste momento abundar em nossos corações, para que possamos estar firmes até a sua volta, conto com as orações de todos.

João Ricardo Ferrera Leal

sexta-feira, 3 de setembro de 2010

É HORA DE OLHARMOS NO ESPELHO E SABER QUEM SOMOS MESMO....POIS ELE VEM!!!



OLHOS NO ESPELHO

Vê! Teus olhos no espelho, por fora um herói
Por dentro um ladrão...
Vê! Só resta em você, nos poucos amigos,
Motivos em vão...
Viu? Desacreditado, no mundo queimado
Por ser o que é...
Vai! Tão longe do Pai, pensando e chorando
Tua falta de fé...
Sai dessa revolta, pensa e volta,
Quebra os teus grilhões;
Deus tem vida plena, vale a pena retornar e ver.
Ver no amor antigo, o abraço amigo a festa começar.
Pois arrependido mais um filho volta ao lar..


JOÃO ALEXANDRE

AS VEZES NOS ESQUECEMOS DESTA ORAÇÃO...



PAI NOSSO

Pai nosso que estás no céu santificado seja o teu nome
Venha a nós o teu reino seja feita a tua vontade
Na terra como nos céus.

O pão nosso de cada dia dá-nos hoje
E perdoa nossas dívidas como nós perdoamos
Nossos devedores.

Não nos deixes cair em tentação mas livra-nos do mal
Pois teu é o reino o poder e a glória pra sempre, sempre

Amém, Amém.

JOÃO ALEXANDRE.

SE NÃO TIVER AMOR...NÃO SOU NADA.



ESSÊNCIA DE DEUS " O AMOR "


O mundo há de passar e toda profecia
Os dons, as línguas e tudo mais que existir
Porém como aquele que foi
Hoje é e pra sempre há de ser
O amor é a essência de Deus
E pra sempre também vai viver

Bondoso e sem rancor, fiel e consciente
Humilde e sofredor, espera tão somente
Justo e verdadeiro, tudo suporta e tudo crê
Tão puro e perfeito é o amor
Não busca interesse ou favor
Mistério, expressão, vida e luz do Senhor

Se eu pudesse saber destinos ou futuros
Fazer mover as montanhas com minha fé
Se eu pudesse falar qualquer língua
Em qualquer lugar
E desse os meus bens ao mais pobre
Ou morresse em favor de alguém.

JOÃO ALEXANDRE.

UM CLIP DESCOLADO DE JOÃO ALEXANDRE QUE BENÇÃO!!!



VOCÊ PODE TER


Você pode ter a casa repleta de amigos
Paredes e pisos cobertos de bens
Ter um carro do último tipo
E andar conforme der na cabeça

Ou pode até ser um cara que vive apertado
Até mesmo dentro de um lotação
Curtindo assim mesmo num fim de semana
A andar conforme der na cabeça

Mas sempre será como folha no vento
Esperando o momento de cair
Você pode ter tudo aquilo que sonhar
Mas nunca terá a paz que existe lá dentro
Que não se encontra pra poder comprar
Porque essa paz só tem a pessoa
Que se encontra com Cristo.


JOÃO ALEXANDRE.

É SOMENTE EM JESUS QUE A PAZ REAL VOCÊ VAI ENCONTRAR...



AO SENTIR


Ao sentir o mundo ao meu redor
Nada vi, que pudsesse ser real
Percebir que todos buscam paz porem em vão
Pois naquilo que procuram não ha solução

So em Jesus a paz real eu pude encontrar
O seu, pude experimentar
Me entreguei a Cristo e a vida eterna eu vou gozar

Posso ver que você não é feliz
Vou dizer que não podes ser feliz
Se continuar a procurar em vão
vãos caminhos que não trazem solução

Só em Jesus a paz real você vai encontrar
O seu amor vai experimentar
Venha a Jesus Cristo e a vida eterna vai gozar


GRUPO ELO